Projeto Rondon seleciona estudantes para Operação Palmares 2018. Inscrições de 12 a 29 de março

 
Por Sandra Siqueira
Equipe Ascom
 

De 12 a 29 de março estudantes da Universidade poderão se inscrever para participar das ações sociais do Projeto Rondon a serem realizadas no município de Jequiá da Praia, em Alagoas. Confira o Edital em anexo.

O Núcleo do Projeto Rondon na Ufam fará seleção que oferece 12 vagas para voluntários, sendo quatro para cadastro reserva. Os selecionados receberão treinamento durante três meses para, então, desenvolverem as ações do projeto no estado nordestino. O período da Operação Palmares será de 13 a 31 de julho. A equipe da Ufam será responsável pelas áreas de Educação, Direitos Humanos e Justiça, Saúde e Cultura.

Voltado para a melhoria da qualidade de vida de populações com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no Brasil, o Projeto Rondon oferece aos envolvidos oportunidade única para conhecer a realidade da população e contribuir para a mudança desta. Para o coordenador do Núcleo do Projeto Rondon na Ufam e rondonista há sete anos, professor Rafael Salgado, vivenciar as experiências proporcionadas pelo projeto é bastante enriquecedor. “Você vai achando que vai ensinar e é você quem volta com a bagagem maior de conhecimento”, revela.

Para participar, os interessados devem atender aos requisitos constantes do edital, entre os quais, ser aluno de graduação da Ufam, estar na segunda metade do curso, com no mínimo de 50% da carga horária concluída e ter boa saúde.

As inscrições podem ser feitas das 8h às 12h e das 14h às 17h, na
sala 7 do Centro de Convivência, setor norte do campus
, onde o candidato deve apresentar a ficha de inscrição (Anexo 1 do Edital), o histórico escolar e a declaração de matrícula do 1º período letivo de 2018. Mais informações podem ser obtidas por meio do correio eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

A seleção se dará em três etapas, constituídas por prova escrita, atividade em grupo e entrevista. As duas primeiras possuem caráter eliminatório e a última, classificatório. Os 12 candidatos com melhor avaliação serão os selecionados para compor o time da Operação Palmares em Alagoas, mas apenas os oito primeiros colocados irão a campo.

A participação no projeto dá aos alunos certificado de 160 horas complementares para aqueles que participarem integralmente da operação, além de uma experiência inesquecível.

Projeto Rondon

Desenvolvido pelo Ministério da Defesa, o Projeto Rondon realizou sua a primeira operação em 1967, no Rio de Janeiro. Desde o início o projeto teve a participação de professores e alunos de universidades públicas e privadas como agentes de suas ações.

Em 1989 o projeto foi paralisado, sendo retomado em 2005, com o mesmo perfil de início. Anualmente, o Ministério da Defesa realiza duas operações nos períodos de férias. Em 2018, ocorrem as Operações Palmares (Alagoas) e Pantanal (Mato Grosso).

A Ufam participará da ação promovida no estado litorâneo. Serão atendidos 15 municípios em Alagoas. Todos eles receberão duas universidades, uma representa o conjunto A e outra, o B. O conjunto A trabalha com Educação, Direitos Humanos & Justiça, Saúde, e Cultura. A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) será a parceira da Ufam compondo o conjunto B que trabalha Produção e Trabalho, Comunicação, Tecnologia e Meio Ambiente. São duas equipes com dez integrantes cada, sendo dois professores e oito alunos.

De acordo com o Ministério da Defesa, o Projeto Rondon é uma poderosa ferramenta de transformação de universitários e das comunidades beneficiadas.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (EDITAL RONDON Nº 1 UFAM.pdf)EDITAL RONDON Nº 1 UFAM.pdf[ ]315 kB