Autoavaliação Institucional da Ufam será realizada até 17 de dezembro

Planejamento e Avaliação Institucional; Desenvolvimento Institucional; Políticas Acadêmicas; Política de Gestão e Infraestrutura Física são os cinco eixos da Avaliação.

 

Responsabilidade Social; Comunicação com a sociedade; Atendimento aos discentes e Políticas de Pessoal estão entre as dimensões abordadas pelos eixos da Avaliação InstitucionalResponsabilidade Social; Comunicação com a sociedade; Atendimento aos discentes e Políticas de Pessoal estão entre as dimensões abordadas pelos eixos da Avaliação Institucional

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) anuncia que, de 13 de novembro a 17 de dezembro, estará disponível o  Questionário de Autoavaliação Institucional  para a comunidade acadêmica.

Discentes, técnico-administrativos em educação e docentes devem responder ao questionário que, além de estar disponível nos portais do Técnico, do professor e do aluno do site da Ufam, tem a novidade de ser aplicado via LimeSurvey, um software livre para aplicação de questionários online.

Segundo o presidente da CPA, professor Thomaz Abdalla, o novo formato foi sugerido pelos técnicos do Centro de Tecnologia de Informação e Comunicação (CTIC) da Ufam. “O CTIC sugeriu que o questionário fosse aplicado via LimeSurvey, o qual tem a vantagem de gerar gráficos e tabelas, assim que os participantes respondem ao questionário. O software também gera planilha do Excel e podemos trabalhar com a planilha que desejarmos. É importante que toda a comunidade acadêmica participe porque são os resultados deste questionário que orientam, por exemplo, a elaboração de planos de desenvolvimento institucional; a promoção de políticas para ensino, pesquisa, extensão e pós-graduação. Estimamos que a resposta ao questionário leve cerca de 15 minutos. Para facilitar para a comunidade, expandimos o período para abranger o final de semana, para que todos tenham a oportunidade de participar. Às vezes, não dá para preencher durante o expediente, mas como é importante para a universidade, você tem a possibilidade de preencher o questionário durante o final de semana para participar desse momento tão importante para a universidade”, destacou o presidente da CPA.

Relatório

Após a participação da comunidade universitária, a CPA elaborará o relatório para ser encaminhado ao Ministério da Educação até o mês de março de 2018.

Presidente da CPA, professor Thomaz Abdalla, afirma que a participação de toda a comunidade acadêmica da Ufam na Autoavaliação Institucional é indispensávelPresidente da CPA, professor Thomaz Abdalla, afirma que a participação de toda a comunidade acadêmica da Ufam na Autoavaliação Institucional é indispensávelSobre a CPA

A Comissão Própria de Avaliação é uma comissão com atribuições de conduzir os processos de avaliação internos da instituição, bem como de sistematizar e prestar as informações solicitadas pelo INEP, conforme artigo 11 da Lei n.º 10.861/2004 – SINAES, que estabelece como diretrizes:

1 - a constituição por ato do dirigente máximo da instituição de ensino superior, ou por previsão no seu próprio estatuto ou regimento, assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos;

 2 - atuação autônoma em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição de educação superior.

Sobre a Avaliação

A Avaliação das Instituições de Educação Superior (AVALIES) é um dos componentes do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e está relacionada à melhoria da qualidade da educação superior; à orientação da expansão de sua oferta; ao aumento permanente da sua eficácia institucional e efetividade acadêmica e social; ao aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais das instituições de educação superior, por meio da valorização de sua missão pública, da promoção dos valores democráticos, do respeito à diferença e à diversidade, da afirmação da autonomia e da identidade institucional.

A autoavaliação institucional foi instituída pela Lei n.° 10.861, de 14 de abril de 2004, e fundamenta-se na necessidade de promover a melhoria da qualidade da educação superior, a orientação da expansão da sua oferta, o aumento permanente da sua eficácia institucional, da sua efetividade acadêmica e social e, especialmente, do aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais. 

Acesse aqui para mais informações sobre os eixos da Avaliação Institucional.