Administração Superior condena ato de violência contra animais no campus

 

Ao tomar conhecimento da agressão e morte da cachorra “Pretinha” nas dependências do campus, na última terça-feira, 13, a Administração Superior da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) determinou à empresa prestadora de serviços AJL o imediato e definitivo afastamento do funcionário terceirizado. A UFAM também atua na apuração do caso e no registro policial para que a empresa adote as providências cíveis e criminais cabíveis.

A Universidade lamenta profundamente o ocorrido e reitera seu compromisso com a preservação do meio ambiente. Tanto que realizou, no período de 17 de outubro a 11 de novembro de 2016, a campanha “UFAM, eu cuido!”, a qual abordou em um dos cinco eixos o respeito aos animais presentes no Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho.

A UFAM condena veementemente a violência aos animais dentro e fora de suas instalações. Por isso, cuidará para que o autor responda por seu ato.